Programa de Pós-Graduação em Historia
Universidade Federal de Ouro Preto

DISCIPLINAS QUE SERÃO MINISTRADAS EM 2017/1

   

Disciplina: Estudos sobre a imprensa nas Américas (séculos XIX e XX) - Professor Mateus Fávaro

Área de Concentração: Poder e Linguagens

Obrigatória: Não

Linha de Pesquisa: Poder, Linguagens e Instituições

Eletiva: sim

Departamento: PPGHIS/DEHIS

Unidade: ICHS

Carga Horária

Semanal

Teórica

60

Carga Horária

Semanal

Teórica

60

Carga Horária

Semanal

Teórica

60

EMENTA

O principal objetivo desta disciplina consiste em abordar de forma introdutória o debate sobre o papel desempenhado pela imprensa escrita como veículo de criação e mediação cultural, política e intelectual, no interior dos estudos sobre a história da edição e da leitura. Para tanto, abordaremos alguns estudos de caso sobre as relações dos periódicos com a formação dos Estados nacionais nas Américas durante o século XIX, a canalização da construção de projetos de integração regional e continental, bem como espaços de disputa sobre os caminhos a construir tanto na esfera artística quanto na política, dos modernismos, das vanguardas e dos projetos reformistas ou revolucionários do século XX.

 
 
           

 

Disciplina: Teorias contemporâneas do tempo histórico: da jaula presentista à análise das historicidades - Professor Valdei

EMENTA

A disciplina pretende debater as principais teorias do tempo histórico contemporâneo com ênfase nas últimas reações críticas ao diagnóstico da hipertrofia do presente. Retomaremos alguns autores clássicos,mas o debate estará organizado em torno das contribuições mais recentes que reagem aos diagnósticos de autores como Hayden White, François Hartog e Hans-Ulrich Gumbrecht. A partir dos problemas da temporalidade pretendemos abordar temas clássicos da Teoria da História como facticidade, verdade, memória, acontecimento e ciência, apontando para a importância da renovação das teorias da historicidade.

1. Pierre Nora e o panorama dos anos 1970.

2. Os anos 80: pós-modernidade e o problema do presente.

3. Os anos 90: os fins da história e o sono neo-positivista da historiografia.

4. O novo milênio, a singularidade digital

5. Do fim da história ao fim da historiografia?

6. 2013-2016: golpe,historiografia,pós-verdade e "regresso" conservador.

 

Disciplina: A Global History e a historiografia brasileira - Professora Cláudia Chaves

Área de Concentração: Poder e Linguagens

Obrigatória: Não

Linha de Pesquisa: Poder, espaço e sociedade

Eletiva: Sim

Departamento: PPGHIS/DEHIS

Unidade: ICHS

Carga Horária

Semanal

Teórica

60

Prática

0

No de   Créditos

04

Duração/Semana

4h/aula

Carga Horária Semestral

60

 

EMENTA

Resumo: A perspectiva historiográfica da História Global (Global History e World History) tem sido acolhida por historiadores brasileiros e latino-americanos com abordagens teóricas e metodológicas que ampliam em termos de escala, temporais e espaciais, as abordagens que tradicionalmente se restringiam à perspectiva nacional, colonial ou mesmo imperial. Nesse sentido, são imprescindíveis os diálogos com outras metodologias historiográficas que privilegiaram dimensões espaciais como a Atlantic History ou culturais como a Connected Histories. No caso da historiografia brasileira três temáticas em especial têm sido consideradas e aprofundadas ao longo do curso: as independências e a formação de novos Estados Nacionais, com suas respectivas instituições; a escravidão e mercados de trabalho frente à industrialização; e a expansão de mercados e dos ideais liberais.

 

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com